Messus: Quinta Aula

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Qui Abr 14, 2016 9:34 am

Espaço para a publicação de impressões sobre a Quinta Aula.
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Maycow Guimarães em Dom Abr 17, 2016 1:13 am

Boa noite! segue as impressões da quinta Aula:

A meditação (A Nevoa)

É essencial para a atividade pratica seguinte, pois através dela é despertado o sentindo do Fogo e da Agua como elementos que propiciam a nevoa que por consequência é a ligação com o outro mundo e tudo que o envolve, além disso este exercício amplia nossas percepções, transformando internamente estes dois elementos num terceiro agente espiritual...

Em seguida a prática do Saining

Protegido e curado pelas Ervas da Terra! foi o nome que criei para o Sain

Ervas Hortelã e alecrim (Adaptação pessoal)

Hortelã muito utilizado para curas em geral.
Alecrim utilizado para proteção. A água foi embebida e aromatizadas com elas.

As ervas secas utilizei canela e cravo, ambas muito utilizadas em purificação e proteção! (Utilizei três varetas de incenso destas ervas)

Meditação (atividade 01), abertura do círculo, invocação dos meus Deuses pessoais, solicitações de bênçãos dos guardiões locais, espíritos naturais e pontos de poder, início do encantamento

**Presentes mágicos nascidos do solo, o calor do Sol e a seiva que foi nutrida pelas águas o fizeram germinar, sejam doadoras de suas essências de poder e tragam a proteção e a cura do qual foram destinadas!**

Coloca elas na água, em seguida acendo as ervas secas, elevo em direção aos céus, em direção a Terra em direção aos quadrantes fazendo pedidos e honras, início o círculo em sentido horário com a água e ervas em mãos!

Entoando

**Protegido e curado pelas Ervas da Terra, três vezes andarei em círculo, três vezes cantarei e por três vezes serei abençoado!**

Ao final da terceira volta paro em frente ao altar, passo a água e as ervas me defumado e purificando!

Faço a agradecimento aos guardiões locais, espíritos da natureza, pontos de poder próximos, e aos meus Deuses pessoais, desfaço o círculo!

**textos pessoais

Forte abraço a todos! Bênçãos dos Antigos! Very Happy
avatar
Maycow Guimarães

Mensagens : 11
Data de inscrição : 14/11/2015
Idade : 31
Localização : Pinheiral - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por PATRICIA FELTRIM em Sab Abr 23, 2016 5:20 am

Quanto à meditação entre névoas...fogo e água...
Captar a essência de elementos tão antagônicos e uni-los em um só foi uma experiência interessante, quente e fria ao mesmo tempo, revigorante.
Diante da continuidade das meditações e visualizações, a entrada ao Outro Mundo, foi de forma receosa a princípio.
O Outro Mundo não é um local tranqüilo, coisas inexplicáveis podem acontecer.
Com a segunda visão, ou vidência, apenas os insights já nos levam a incompreensão da realidade dos fatos e acontecimentos, se propor a experimentar se adentrar neste mundo desconhecido é deveras necessária a prudência, mas confio no guardião.
Manannán sempre reverenciado.

Saining

Criei, algo que me deixa confortável e harmoniosa, utilizei-me de sálvia e alecrim.
As águas joguei no ambiente   (obs. e do seu restante, reservei para um banho para corpo e limpeza das energias desarmoniosas do corpo físico  e espiritual.)

Queimei sálvia branca seca afugentando quaisquer energias caóticas.
Houve a transmutação energética.

Três voltas em círculos marcados com local de início para não se perder na terceira volta.

Em invocação, aos Grandes Seres Iluminados, os protetores ou guardiões,
Aos antepassados que ecoam de vidas e no sangue das veias
Aos elementos da natureza.

“Que venha a mim,
O sagrado que ecoa em tempo e espaço
Eu como essência, advinda da Grande Criação
A me proteger e equilibrar, trazer a paz e consciência da luz da verdade
Mantendo meus passos na senda
Proteja meus irmãos, proteja os do meu caminho, proteja a mim.”

Feitas as devidas reverências novamente, aos Grandes Seres protetores, antepassados e elementos da natureza, com sentimento de gratidão.

Três novos círculos foram traçados para a saída.

A intuição foi o que me levou aos atos e as palavras.
Agradeço a oportunidade sempre.

Awen
Paty Feltrim
avatar
PATRICIA FELTRIM

Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/11/2015
Idade : 39
Localização : São José do Rio Preto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Gibaldi em Qui Maio 05, 2016 5:17 pm

Primeiro gostaria de avisar que tive problemas com a conta antiga, então criei essa nova.

Sobre a meditação - Tenho que praticar mais, o meu maior problema (que inclusive fala sobre isso no texto da lição) é que sou muito cético em relação ao que acontece, e tenho que relaxar mais também.

Saining - Fiz o Saining para consagrar o altar e harmonizar o ambiente.
Com as ervas queimei sálvia branca e usei água com alecrim.

Chamei pelos Deuses, ancestrais e feéricos e fiz oferenda a uma Deusa específica.

E fiz uma adaptação de um dos textos do Carmina gadelica:
"Eu me apresento
Diante dos ancestrais que me deram seu sangue
Diante dos feéricos com quem compartilho esta terra
Diante dos Deuses que me purificam
Em honra e amizade.
Através da chama sagrada,
Derramem sobre mim a Awen
Em plenitude de minhas necessidades,
De lealdade para com os Deuses
A bênção dos Deuses
O sorriso dos Deuses
A sabedoria dos Deuses
A honra dos Deuses
A coragem dos Deuses
E a força dos Deuses
Para realizar nos três reinos
O que os feéricos e ancestrais
realizam no outro mundo,
A cada sombra e luz,
Cada dia e noite.
E cada vez em gentileza entre nós"

Gostei muito do resultado, deu para sentir as energias se harmonizando.
Agora só tenho que praticar mais.

E é isso|
Boa tarde a todos Very Happy

Gibaldi

Mensagens : 1
Data de inscrição : 03/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Saudações a todos, impressões quinto exercício

Mensagem por Robert Wagner Allaron em Sex Maio 20, 2016 4:28 am

Na minha primeira experiência com essa prática, não pude deixar de perceber o quanto os elementos fogo e água concentrados e canalizados são eficazes, leves e essenciais.
A percepção que tive do outro lado, foi como um reflexo em resposta ao ajuste vibracional ao qual eu me encontrava, podendo ser levado a um lugar de acordo com minha vibração energética.
Antes usei incensos de cravo e canela.
Depois alecrim e água.
Então contactei a chamar por meus Deuses de devoção pessoal, antes de ir explorar.
avatar
Robert Wagner Allaron

Mensagens : 12
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 26
Localização : Sepetiba, Santa Cruz - Rio de Janeiro, Rua Nunes

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Fah Gimenes em Sex Ago 05, 2016 8:08 pm

Respondo meus atrasos ...

(ando tento muitos problemas com a internet e com meu computador, mas sigamos)


Á meditação entre a névoa, foi bem significante pra mim
Captar os elementos opostos é trazer a tona pensamentos de equilíbrio que acredito, de que os polos opostos precisam existir e coexistir.
A caminhada no outro mundo me foi dada bem natural,gostaria de ter tido receios mas não os tive.Mesmo não sendo muitas vezes um local tranquilo.

As visualizações em experimentar as nuances dessas realidades são bem significativas e importantes para mim, tive sempre a consciência de manter o respeito, prudência em relação ao Guardião.

O Saining

Queimei primeiramente um incenso que me identifico e o oferto no meu altar como referente a minha energia pessoal,sendo assim queimei incenso de acácia, aquietei meu espirito, e em seguida utilizei cravo e alecrim.

Deixei um pouco de alecrim em fusão em 1 litro de água morna e reservei para usar após um banho de limpeza sutil sem elementos a mais que agredissem a áurea energética.

Após o mesmo... completei o rito adentrando em um circulo três vezes traçado
E agradeci e invoquei os três reinos , sempre pedinto para que mantivesse os ''caldeirões'' em mim cheios de suas graças e sabedoria.
Finalizei desfazendo o circulo como sempre agradecendo a iluminação dos Reinos usando seus nomes "Nemos... Móri... Talamú'' ... ( nomes que se tornaram bem significativos e invocatórios para mim e desde então passei a usa-los para compor meus ritos ) e os nossos antepassados e os Espíritos da Natureza.

Bençãos Plenas a todos!
Awen
avatar
Fah Gimenes

Mensagens : 9
Data de inscrição : 26/10/2015
Idade : 33
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Qui Ago 18, 2016 4:01 am

Maycow Guimarães escreveu:Boa noite! segue as impressões da quinta Aula:

A meditação (A Nevoa)

É essencial para a atividade pratica seguinte, pois através dela é despertado o sentindo do Fogo e da Agua como elementos que propiciam a nevoa que por consequência é a ligação com o outro mundo e tudo que o envolve, além disso este exercício amplia nossas percepções, transformando internamente estes dois elementos num terceiro agente espiritual...

Em seguida a prática do Saining

Protegido e curado pelas Ervas da Terra! foi o nome que criei para o Sain

Ervas Hortelã e alecrim (Adaptação pessoal)

Hortelã muito utilizado para curas em geral.
Alecrim utilizado para proteção. A água foi embebida e aromatizadas com elas.

As ervas secas utilizei canela e cravo, ambas muito utilizadas em purificação e proteção! (Utilizei três varetas de incenso destas ervas)

Meditação (atividade 01), abertura do círculo, invocação dos meus Deuses pessoais, solicitações de bênçãos dos guardiões locais, espíritos naturais e pontos de poder, início do encantamento

**Presentes mágicos nascidos do solo, o calor do Sol e a seiva que foi nutrida pelas águas o fizeram germinar, sejam doadoras de suas essências de poder e tragam a proteção e a cura do qual foram destinadas!**

Coloca elas na água, em seguida acendo as ervas secas, elevo em direção aos céus, em direção a Terra em direção aos quadrantes fazendo pedidos e honras, início o círculo em sentido horário com a água e ervas em mãos!

Entoando

**Protegido e curado pelas Ervas da Terra, três vezes andarei em círculo, três vezes cantarei e por três vezes serei abençoado!**

Ao final da terceira volta paro em frente ao altar, passo a água e as ervas me defumado e purificando!

Faço a agradecimento aos guardiões locais, espíritos da natureza, pontos de poder próximos, e aos meus Deuses pessoais, desfaço o círculo!

**textos pessoais

Forte abraço a todos! Bênçãos dos Antigos! Very Happy

Perfeita a sua percepção do uso da meditação, Maycow. Apesar de todos os exercícios poderem ser feitos de forma isolada, a ideia é que eles possam se combinar para a criação de práticas mais completas e intensas de conexão com o divino. Muito bem.

Seu saining foi muito bem desenvolvido e explicado. O uso de ervas está mais do que claro e justificado, e cada um dos procedimentos está bem explicado.
Parabéns!
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Qui Ago 18, 2016 8:50 pm

PATRICIA FELTRIM escreveu:Quanto à meditação entre névoas...fogo e água...
Captar a essência de elementos tão antagônicos e uni-los em um só foi uma experiência interessante, quente e fria ao mesmo tempo, revigorante.
Diante da continuidade das meditações e visualizações, a entrada ao Outro Mundo, foi de forma receosa a princípio.
O Outro Mundo não é um local tranqüilo, coisas inexplicáveis podem acontecer.
Com a segunda visão, ou vidência, apenas os insights já nos levam a incompreensão da realidade dos fatos e acontecimentos, se propor a experimentar se adentrar neste mundo desconhecido é deveras necessária a prudência, mas confio no guardião.
Manannán sempre reverenciado.

Saining

Criei, algo que me deixa confortável e harmoniosa, utilizei-me de sálvia e alecrim.
As águas joguei no ambiente   (obs. e do seu restante, reservei para um banho para corpo e limpeza das energias desarmoniosas do corpo físico  e espiritual.)

Queimei sálvia branca seca afugentando quaisquer energias caóticas.
Houve a transmutação energética.

Três voltas em círculos marcados com local de início para não se perder na terceira volta.

Em invocação, aos Grandes Seres Iluminados, os protetores ou guardiões,
Aos antepassados que ecoam de vidas e no sangue das veias
Aos elementos da natureza.

“Que venha a mim,
O sagrado que ecoa em tempo e espaço
Eu como essência, advinda da Grande Criação
A me proteger e equilibrar, trazer a paz e consciência da luz da verdade
Mantendo meus passos na senda
Proteja meus irmãos, proteja os do meu caminho, proteja a mim.”

Feitas as devidas reverências novamente, aos Grandes Seres protetores, antepassados e elementos da natureza, com sentimento de gratidão.

Três novos círculos foram traçados para a saída.

A intuição foi o que me levou aos atos e as palavras.
Agradeço a oportunidade sempre.

Awen
Paty Feltrim

Boa tarde, Paty, desculpe a demora.

Suas considerações sobre a meditação foram bastante profundas e válidas. E bastante consciente da necessidade de prudência antes de adentrar os domínios do Outro Mundo, algo que muitos esquecem. Parabéns, Manannán esteja contigo sempre!

Sobre o Saining:

A escolha de ervas foi válida, e bastante inteligente o uso do restante do preparo para um banho. Os procedimentos foram bem escolhidos e bem explicados, e merece destaque a feitura do círculo por três vezes, e o procedimento inverso no final. Muito bom, exercício realizado com perfeição, parabéns!
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Luciana Cavalcanti em Dom Ago 21, 2016 4:02 am

Saining
Bem,fiz a adaptação de uma invocação que já tinha em meus registros, ainda incerta se isso é bem um saining mas vamos lá:
Usei mirra e sálvia alecrim manjericão
se tiver um manto ou roupa ritualística vista, se não, prefira roupa branca nesse momento:
tome banho demorado
prepare uma fogueira (nem que seja turíbulo) coloque as ervas no fogo, visualizando que a fumaça sejam um manto que te cobre:

Senhor do ventos e tempestades
Manannan, oh Glorioso
põe teu manto sobre mim
(coloque mirra  e sálvia no fogo em quantidade suficiente pra haver fumaça)
Teu manto protege minhas costas
Tua espada protege minha frente
Teu capacete protege minha cabeça
Estou protegida contra as forças do caos
seu poder não pode me alcançar
Pois o manto de Manannan me torna invísível
(puxe a fumaça pra ti)
Longe de mim a desordem
Longe de mim a escassez
longe de mim a escravidão
Soberano sobre as ondas
Estou sob tua guarda e proteção
(jogue demais ervas no fogo que tenham significado mágico pra você, eu escolhi manjericão e lecrim prois pra mim elas servem como banimento e prosperidade ao mesmo tempo, visualize segurança e proteção, perfeita harmonia em tudo que disser a seguir, e qualquer desarmonia se desmanchando)
E teu Manto recái sobre minha vida
sobre minha casa
sobre minha família
sobre minha tribo
sobre meu destino
E toda força perniciosa
deste mundo ou de outro
que atentar contra mim e meus objetivos
e o que me é caro
Há de encontrar tua espada
há de vagar na névoa
há de rumar sem destino
pois não me encontrará
E tuas nove ondas os afastarão
o que confunde
o que rouba
o que corrompe
o que desonra
o que oprime
o que espreita
o que rasteja
o que estraga
o que atrasa
o objetivo da minha vida
que haja paz!
avatar
Luciana Cavalcanti

Mensagens : 5
Data de inscrição : 05/12/2015
Idade : 39
Localização : Barra de Sao Joao RJ

Ver perfil do usuário http://correnterj.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Sab Ago 27, 2016 3:45 am

Gibaldi escreveu:Primeiro gostaria de avisar que tive problemas com a conta antiga, então criei essa nova.

Sobre a meditação - Tenho que praticar mais, o meu  maior problema (que inclusive fala sobre isso no texto da lição) é que sou muito cético em relação ao que acontece, e tenho que relaxar mais também.

Saining - Fiz o Saining para consagrar o altar e harmonizar o ambiente.
Com as ervas queimei sálvia branca e usei água com alecrim.

Chamei pelos Deuses, ancestrais e feéricos e fiz oferenda a uma Deusa específica.

E fiz uma adaptação de um dos textos do Carmina gadelica:
"Eu me apresento
Diante dos ancestrais que me deram seu sangue
Diante dos feéricos com quem compartilho esta terra
Diante dos Deuses que me purificam
Em honra e amizade.
Através da chama sagrada,
Derramem sobre mim a Awen
Em plenitude de minhas necessidades,
De lealdade para com os Deuses
A bênção dos Deuses
O sorriso dos Deuses
A sabedoria dos Deuses
A honra dos Deuses
A coragem dos Deuses
E a força dos Deuses
Para realizar nos três reinos
O que os feéricos e ancestrais
realizam no outro mundo,
A cada sombra e luz,
Cada dia e noite.
E cada vez em gentileza entre nós"

Gostei muito do resultado, deu para sentir as energias se harmonizando.
Agora só tenho que praticar mais.

E é isso|
Boa tarde a todos Very Happy

Boa noite, Paulo, desculpe a demora.

É comum um certo ceticismo. Vivemos em um mundo contemporâneo, onde diversas crenças acabaram sendo desmentidas pela ciência, e não há mal nisso, muito pelo contrário, a ciência pode ser a maior ferramenta para o avanço da humanidade que existe. Porém a ciência apenas acaba sendo algo um tanto vazia se nos fecharmos ao que nosso interior diz; quer dizer, para que isso? Para que buscar uma evolução científica se não há uma razão para isso? Apenas para tornar nossas vidas sem significado mais fáceis e prazerosas? Ainda que seja um pensamento nobre, ao seu próprio modo, buscar e acreditar em um propósito acaba trazendo um incentivo a mais na nossa busca pela evolução. Não é objetivo do Druidismo negar a ciência ou destruir o ceticismo, mas oferecer uma forma de incentivo, valores que nos tornem melhores, que nos tragam alguma consciência sobre a nossa relação entre nós e o mundo, uma base espiritual que ligue todos esses pontos Very Happy
Relaxar é outro problema que a nossa sociedade contemporânea enfrenta. Mas tente realizar as meditações em seus momentos de descanso, como finais de semana. Poucas delas levam mais do que alguns minutos, por isso não tomam muito do seu tempo de descanso Wink

Sobre o Saining:

A escolha de ervas foi bem apropriada, e a fonte do qual bebeu para desenvolver o Saining não podia ser mais apropriada. Parabéns, o trabalho ficou muito bom Very Happy Very Happy
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Sab Ago 27, 2016 8:30 pm

Robert Wagner Allaron escreveu:Na minha primeira experiência com essa prática, não pude deixar de perceber o quanto os elementos fogo e água concentrados e canalizados são eficazes, leves e essenciais.
A percepção que tive do outro lado, foi como um reflexo em resposta ao ajuste vibracional ao qual eu me encontrava, podendo ser levado a um lugar de acordo com minha vibração energética.
Antes usei incensos de cravo e canela.
Depois alecrim e água.
Então contactei a chamar por meus Deuses de devoção pessoal, antes de ir explorar.

Bastante eficaz a sua meditação, Robert, acredito que tenha aprendido bem a dominar a combinação de fogo e água. Parabéns.
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Ter Ago 30, 2016 12:18 am

Fah Gimenes escreveu:Respondo meus atrasos ...

(ando tento muitos problemas com a internet e com meu computador, mas sigamos)


Á meditação entre a névoa, foi bem significante pra mim
Captar os elementos opostos é trazer a tona pensamentos de equilíbrio que acredito, de que os polos opostos precisam existir e coexistir.
A caminhada no outro mundo me foi dada bem natural,gostaria de ter tido receios mas não os tive.Mesmo não sendo muitas vezes um local tranquilo.

As visualizações em experimentar as nuances dessas realidades são bem significativas e importantes para mim, tive sempre a consciência de manter o respeito, prudência em relação ao Guardião.

O Saining

Queimei primeiramente um incenso que me identifico e o oferto no meu altar como referente a minha energia pessoal,sendo assim queimei incenso de acácia, aquietei meu espirito, e em seguida utilizei cravo e alecrim.

Deixei um pouco de alecrim em fusão em 1 litro de água morna e reservei para usar após um banho de limpeza sutil sem elementos a mais que agredissem a áurea energética.

Após o mesmo... completei o rito adentrando em um circulo três vezes traçado
E agradeci e invoquei os três reinos , sempre pedinto para que mantivesse os ''caldeirões'' em mim cheios de suas graças e sabedoria.
Finalizei desfazendo o circulo como sempre agradecendo a iluminação dos Reinos usando seus nomes "Nemos... Móri... Talamú'' ... ( nomes que se tornaram bem significativos e invocatórios para mim e desde então passei a usa-los para compor meus ritos ) e os nossos antepassados e os Espíritos da Natureza.

Bençãos Plenas a todos!
Awen

Boa noite, Fah, desculpe a demora.

Sobre a meditação, que bom que tudo correu bem. A sua percepção sobre os polos opostos foi bem acertada, e fico feliz que sua caminhada pelo Outro Mundo tenha sido tranquila. Obviamente a prudência é importante, e sua atitude foi correta. Parabéns.

Sobre o saining, acredito que o ponto mais importante a citar (além da boa escolha de incenso e ervas, bem como dos usos) foi a sua preocupação em integrar os Três Caldeirões e mantê-los cheios, bem como a entonação dos nomes dos Três Reinos. Muito bom, mostra discernimento e a capacidade de integrar os aprendizados e desenvolve-los na sua prática pessoal. Isso será bem importante no final do curso.

Parabéns!
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Cunobelinos em Qua Ago 31, 2016 6:45 pm

Luciana Cavalcanti escreveu:Saining
Bem,fiz a adaptação de uma invocação que já tinha em meus registros, ainda incerta se isso é bem um saining mas vamos lá:
Usei mirra e sálvia alecrim manjericão
se tiver um manto ou roupa ritualística vista, se não, prefira roupa branca nesse momento:
tome banho demorado
prepare uma fogueira (nem que seja turíbulo) coloque as ervas no fogo, visualizando que a fumaça sejam um manto que te cobre:

Senhor do ventos e tempestades
Manannan, oh Glorioso
põe teu manto sobre mim
(coloque mirra  e sálvia no fogo em quantidade suficiente pra haver fumaça)
Teu manto protege minhas costas
Tua espada protege minha frente
Teu capacete protege minha cabeça
Estou protegida contra as forças do caos
seu poder não pode me alcançar
Pois o manto de Manannan me torna invísível
(puxe a fumaça pra ti)
Longe de mim a desordem
Longe de mim a escassez
longe de mim a escravidão
Soberano sobre as ondas
Estou sob tua guarda e proteção
(jogue demais ervas no fogo que tenham significado mágico pra você, eu escolhi manjericão e alecrim pois pra mim elas servem como banimento e prosperidade ao mesmo tempo, visualize segurança e proteção, perfeita harmonia em tudo que disser a seguir, e qualquer desarmonia se desmanchando)
E teu Manto recái sobre minha vida
sobre minha casa
sobre minha família
sobre minha tribo
sobre meu destino
E toda força perniciosa
deste mundo ou de outro
que atentar contra mim e meus objetivos
e o que me é caro
Há de encontrar tua espada
há de vagar na névoa
há de rumar sem destino
pois não me encontrará
E tuas nove ondas os afastarão
o que confunde
o que rouba
o que corrompe
o que desonra
o que oprime
o que espreita
o que rasteja
o que estraga
o que atrasa
o objetivo da minha vida
que haja paz!

Boa tarde, Luciana, vamos às considerações. Os preparativos foram perfeitamente definidos, e a invocação está perfeita e poderosa, muito bem desenvolvida e faria o papel de Saining com certeza absoluta. A única ressalva que eu faço tem a ver com a própria execução, pois um ponto importante a ser levado em consideração é a união das purificações do Fogo e da Água, e você, apesar do banho, durante a execução utilizou apenas o Fogo.
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Quinta Aula

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum