Messus: Segunda Aula

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Exercício Meditativo Segunda Aula

Mensagem por Thiago R. N. Silva em Seg Mar 13, 2017 4:12 pm

Olá pessoal,
Tudo bem??
O meu exercício realizei hoje logo pela manha bem cedo, antes de eu ir para a faculdade, um pouco depois de eu acordar.
No quintal da minha casa existem várias árvores e esta manhã estava particularmente muito bonita e agradável, com os raios de sol surgindo no horizonte iluminando o ambiente ainda molhado da chuva do dia anterior....
Bem... Sempre tive uma ligação muito forte com as árvores e exercitar, sentir/entrar em contato com elas através deste exercício, foi extremamente prazeiroso para mim e senti como um reencontrar comigo mesmo, com a minha essência, com uma coisa só minha que eu guardava só pra mim.
Em um certo momento, ao me transportar ao bosque antigo, senti por um momento que haviam outras pessoas no local, mas foquei novamente na árvore que eu escolhi, é a árvore mais antiga que tem aqui no quintal da minha casa, um cupuzeiro com mais de 50 anos.
Sentir os meus pés como raízes foi uma sensação incrível, uma sensação de me sentir ilimitado. Não existiam limites para mim e eu era totalmente livre. Livre e ilimitado, essas eram as palavras. Ali não existiam entraves e nem barreiras, apenas a vida ilimitada, a existência ilimitada!!!
Foi extremamente gratificante.
Era como eu me sentia ali, eu com as minhas irmãs.
Depois de um momento iniciei o processo de retornar, voltar aos braços e membros de ser humano, até retornar completamente a formal humana usual. Mas quando eu retornei, eu retornei mas com uma forma humana diferente, era luminosa e ela ficava pulsando, as paredes do meu corpo se desprendiam e ficavam se dilatando e se contraindo, pulsando com essa espécie de luminosidade. Eu era daquele jeito, humanóide mas daquele jeito e eu senti nesse momento o meu corpo literalmente e fisicamente vibrar, meu rosto, meus lábios, meu peito fervilhar, meus braços, meu corpo inteiro num vibrar intenso e ao mesmo tempo relaxante, que me deixava numa sensação de paz e calma profunda.
Abri meus olhos e meu quintal estava novamente ali, mas ainda mais mágico do que de costume.
Estou passando o dia e levando comigo essa sensação do exercício.

Está sendo ótimo!!

Thiago R. N. Silva

Mensagens : 3
Data de inscrição : 14/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Messus: Segunda Aula

Mensagem por Cunobelinos em Dom Mar 19, 2017 8:40 pm

Thiago R. N. Silva escreveu:Olá pessoal,
Tudo bem??
O meu exercício realizei hoje logo pela manha bem cedo, antes de eu ir para a faculdade, um pouco depois de eu acordar.
No quintal da minha casa existem várias árvores e esta manhã estava particularmente muito bonita e agradável, com os raios de sol surgindo no horizonte iluminando o ambiente ainda molhado da chuva do dia anterior....
Bem... Sempre tive uma ligação muito forte com as árvores e exercitar, sentir/entrar em contato com elas através deste exercício, foi extremamente prazeiroso para mim e senti como um reencontrar comigo mesmo, com a minha essência, com uma coisa só minha que eu guardava só pra mim.
Em um certo momento, ao me transportar ao bosque antigo, senti por um momento que haviam outras pessoas no local, mas foquei novamente na árvore que eu escolhi, é a árvore mais antiga que tem aqui no quintal da minha casa, um cupuzeiro com mais de 50 anos.
Sentir os meus pés como raízes foi uma sensação incrível, uma sensação de me sentir ilimitado. Não existiam limites para mim e eu era totalmente livre. Livre e ilimitado, essas eram as palavras. Ali não existiam entraves e nem barreiras, apenas a vida ilimitada, a existência ilimitada!!!
Foi extremamente gratificante.
Era como eu me sentia ali, eu com as minhas irmãs.
Depois de um momento iniciei o processo de retornar, voltar aos braços e membros de ser humano, até retornar completamente a formal humana usual. Mas quando eu retornei, eu retornei mas com uma forma humana diferente, era luminosa e ela ficava pulsando, as paredes do meu corpo se desprendiam e ficavam se dilatando e se contraindo, pulsando com essa espécie de luminosidade. Eu era daquele jeito, humanóide mas daquele jeito e eu senti nesse momento o meu corpo literalmente e fisicamente vibrar, meu rosto, meus lábios, meu peito fervilhar, meus braços, meu corpo inteiro num vibrar intenso e ao mesmo tempo relaxante, que me deixava numa sensação de paz e calma profunda.
Abri meus olhos e meu quintal estava novamente ali, mas ainda mais mágico do que de costume.
Estou passando o dia e levando comigo essa sensação do exercício.

Está sendo ótimo!!

Boa tarde, Thiago, tudo bem com você?

O processo parece ter sido muito bem sucedido em sua meditação. Nitidamente a ligação necessária com as árvores foi atingida, bem como a ligação com a energia primal do mundo dos antigos bosques. Bastante gratificante também perceber que que ainda conseguiu manter a noção da energia ainda sendo transmitida pelo seu corpo enquanto retornava à sua forma humana, um excelente sinal de que a sua imersão foi bastante forte e que é possível para você manter as sensações por um tempo prolongado.
Parabéns!
avatar
Cunobelinos
Admin

Mensagens : 130
Data de inscrição : 20/10/2015

Ver perfil do usuário http://ramodecarvalho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum